Não sofra só!
ESPAÇO
PSI VIRTUAL


Psicóloga Ida Maria Mello Schivitz -CRP 07/0524


Justiça Restaurativa. O que é?

Ida Maria Mello Schivitz*



      Segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) a Justiça Restaurativa está em funcionamento no Brasil há cerca de 10 anos. É conhecida como uma técnica de solução de conflitos que prima pela criatividade e sensibilidade na escuta das vítimas e dos ofensores. Essa prática tem iniciativas cada vez mais diversificadas e já coleciona muitos resultados positivos.

      A abordagem restaurativa penal entre vítima-ofensor consiste basicamente em colocá-los em um mesmo ambiente, guardado de segurança jurídica e física, com o objetivo de que se busque ali acordo, que implique a resolução de outras dimensões do problema, que não apenas a punição, como, por exemplo, a reparação de danos emocionais. Para trabalhar na área Penal, no Brasil, considerando vítima e ofensor, são empregadas as técnicas de Mediação Penal e Círculo de Paz, esse com suas diversas abordagens. Já na Vara de Família tem sido empregada a Constelação Familiar.

      Para melhor entender, o que é a Justiça Restaurativa Penal, coloca-se a seguir um vídeo do Canal Brasil, onde a mesma é tratada junto com a Constelação Familiar, essa ligada à Vara de Família, por entrevistas realizadas pelos jornalistas do quadro Repórter Brasil, com advogados, psicólogos e juiz.

      Os trabalhos são expostos: pela Psicóloga Tais Araújo, a Psicóloga e Advogada Karen Schivitz, a Coordenadora do Núcleo de JR no Forum Central de Porto Alegre Advogada Anita Maurique e o Juiz Fabio Hertz.

Cognitiva